Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso



CERTIFICADO

Comissão da ALMT analisa balanço social de 50 empresas

O coordenador da Comissão Organizadora de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa, Sérgio Ricardo Inoui, lembrou que no início do ano a situação era considerada pessimista quanto à participação das empresas devido à crise econômica brasileira



Primeira reunião da Comissão Mista de Responsabilidade Social (Foto: JLSiqueira/ALMT)

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso, pela Lei 7.687 de 25/06/2002, instituiu o Certificado de Responsabilidade Social de Mato Grosso, promovendo o reconhecimento público de instituições, empresas, órgãos públicos e Organizações Sociais de Interesse Público (OSCIPs). Nesta terça-feira (10), os membros da comissão organizadora se reuniram para analisar o balanço das 50 empresas inscritas para certificação social. Após as devidas correções, em um prazo de dez dias, a ALMT vai homologar a entrega do certificado, em uma cerimônia prevista para acontecer no dia 11 de novembro.

O coordenador da Comissão Organizadora de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa, Sérgio Ricardo Inoui, lembrou que no início do ano a situação era  considerada pessimista quanto à participação das empresas devido à crise econômica brasileira.

“Muitas delas (empresas) estavam reduzindo seus investimentos. Achavamos que teríamos uma diminuição significativa dos balanços, mas, para nossa surpresa, vieram  superior em relação ao ano passado. Vamos fazer uma análise e um retrato mais tranquilo do atual cenário”, destacou Inoui.

Conforme Washington Braga, membro da comissão, balanço social é o documento pelo qual as empresas e demais entidades apresentam dados que permitem identificar o perfil da sua atuação social durante o ano  vigente.

“Trata-se de um processo voluntário, no qual a organização busca demonstrar aos clientes e à sociedade, por meio de uma avaliação, que o sistema de gestão atende aos princípios da responsabilidade social”, revelou Braga.

Compõem a denominação social de 2017:  Açobett Indístria Metálica e Comércio Ltda, Açofer, Agroamazônia, Associação Matogrossense de Atacadistas e Distribuidores, Amaggi, APDMT, Aprosoja, Asper Máquinas e Soluções Integradas, BPW, Caramuru Alimentos, Central Hidráulica, Conec, CRC, Data Med, Famato, Fiagril, Fundação André e Lúcia Maggi, Grupo Cometa, Hospital de Câncer, Hospital Santa Angela, Hospital Santa Rosa,  Instituto Assistencial de Desenvolvimento, Idelc, Instituto Canopus, Instituto Desportivo da Criança, Inviolável Tangará, Iromat, Minerva Serviços de Contabilidade, MT Fomento, Nascentes do Xingu, O Boticário, Plastibras, Refrigerantes Marajá, Rodricouros, Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária, Senac, Senai, Senar, Sesc, Sesi, Sociedade Hípica Cuiabana, Suinobras, Unidep, Unimed, Unimed Vale do Sepotuba, Univida, Barralcool, Grupo Itamarati, Vitória Régia Água Mineral, Votorantin Cimentos.


Mais informações:
Secretaria de Comunicação
Redação: (65) 3313-6310 (65) 3313-6283
Rádio: (65) 3313-6682
TVAL: (65) 3313-6341 (65) 3313-6399


Fotos relacionadas