Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Sexta-feira, 4 de agosto de 2017 12h32


CÂMARA SETORIAL

Duas audiências públicas vão debater geoparque de Chapada dos Guimarães

Próxima reunião foi marcada para o dia 25/08, às 9 horas, na sala das comissões 201. O tema será a estrutura turística da região de Chapada dos Guimarães

ELZIS CARVALHO / SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO



Chapada dos Guimarães (Foto: Ronaldo Mazza/ALMT)

A Câmara Setorial Temática do Geoparque de Chapada dos Guimarães definiu, durante a 3ª reunião de hoje (4), na Assembleia Legislativa, a realização de duas audiências públicas para debater a criação do geoparque no município de Chapada dos Guimarães e o calendário das próximas reuniões da CST.

A primeira audiência pública deve acontecer na Câmara Municipal de Chapada dos Guimarães, no dia 15 de setembro, às 18 horas. Mas, para esse encontro, segundo o presidente da CST, Caiubi Kuhn, falta definir os recursos financeiros para viabilizar os debates naquele município.

“A CST não tem dotação orçamentária, porque a normativa das CSTs define que elas não podem gerar custos. Mas precisamos mobilizar alguns palestrantes para se deslocarem até Chapada dos Guimarães para a realização da audiência pública. Por isso estamos dependendo da liberação de verbas por parte de alguns órgãos para a vinda dos palestrantes. Mas isso ficará definido na próxima semana”, disse Kuhn.

A segunda audiência pública está prevista para ser realizada no dia 24 de novembro em Cuiabá, no auditório Milton Figueiredo, às 9 horas. Os convidados para proferir as palestras ainda serão definidos nas próximas reuniões das CST.  Apenas o tema foi definido: turismo sustentável.

Antes da primeira audiência de Chapada dos Guimarães, porém, a CST realizará no dia 25 de agosto uma reunião com o Conselho Municipal de Turismo e com os representantes do setor turístico da prefeitura local para definir as estratégias do debate sobre o geoparque. Entre as instituições que serão convidadas estão o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) e a Secretaria de Desenvolvimento do Estado (Sedec).

“Nesse encontro será debatido o que já existe de planejamento turístico no município. Isso é importante para que, na hora de falar do geoparque, não seja abordado apenas a geologia local, mas também de turismo. O geoparque dialoga com outras formas de turismo existentes na região”, disse Kuhn.

Reunião da Câmara Setorial Temática sobre o Geoparque de Chapada dos Guimarães. (Foto: Marcos Lopes/ALMT)

Calendário

Durante a reunião de hoje ficaram definidas ainda as datas das próximas reuniões da CST e os temas que serão discutidos entre os membros da câmara e os convidados. No dia 25/08, por exemplo, será discutida a estrutura turística da região de Chapada dos Guimarães.

No dia 20 de outubro, as discussões vão girar em torno dos instrumentos legais ligados ao panorama financeiro do município de Chapada dos Guimarães.

No dia 10 de novembro, o tema será a governança do geoparque. Em 24 de novembro, em Cuiabá, será realizada a audiência pública sobre o turismo sustentável de Chapada dos Guimarães. Já no dia 7 de dezembro, será feita a entrega do relatório final da CST.      

O prazo para a entrega final do relatório sobre o que foi definido durante os seis meses de debates é dia 7 de dezembro. Mas, segundo Kuhn, esse prazo deve ser prorrogado caso exista a necessidade. “Mas acredito que a prorrogação não será necessária porque os trabalhos estão sendo desenvolvidos de forma positiva”, disse o Kuhn.

    


Secretaria de Comunicação Social

Telefone: (65) 3313-6283

E-mail: imprensa1al@gmail.com


Associadas


Imagens