Brasão

Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso


Terça-feira, 27 de fevereiro de 2024 11h56


INOVAÇÃO

ALMT vai adotar software desenvolvido pela ALRN

Novo sistema não terá custo para Assembleia Legislativa de Mato Grosso e proporcionará mais transparência e agilidade nos trabalhos

JOSÉ LUIS LARANJA / Secretaria de Comunicação Social



Foto: Helder Faria

A Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT)  estuda a instalação de um novo software que vai permitir interligação de todos os sistemas do Parlamento para garantir ainda mais segurança, agilidade e transparência nos trabalhos parlamentares, por meio de uma parceria com a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O novo sistema será repassado sem custo.

Hoje (27) pela manhã, os técnicos do Poder Legislativo potiguar Jorge Henrique de Azevedo e Stefano Rosemberg Freire apresentaram, em Cuiabá, o software de gestão legislativa, que tem como objetivo aperfeiçoar e atualizar o sistema em uso. 

A vice-presidente da ALMT, Janaina Riva (MDB), participou da reunião e demonstrou entusiasmo com o que presenciou. “Foi muito importante que a equipe técnica da Assembleia estivesse reunida para acompanhar a apresentação. Queremos dar uma cara nova para a Casa, para que ela seja mais moderna para atender os servidores e os deputados”, afirmou ela.

O secretário parlamentar da Mesa Diretora, José Domingos Fraga Filho, revelou que o software vai permitir mais agilidade e transparência nos trabalhos  parlamentares, proporcionando a interligação de todos os sistemas da Casa, garantindo ainda mais segurança às informações. "Essa parceira com a ALRN nos permitirá aperfeiçoar cada vez mais nosso processo de tramitação das propostas legislativas”, apontou.

O diretor de Tecnologia de Informação da ALRN, Mário Sérgio Gurgel, explicou que o novo sistema foi implantado no Parlamento potiguar em 2017, quando a instituição deu início ao processo legislativo eletrônico.

“Desde o início do sistema até a finalização do processo, o projeto desenvolveu e começou a criar uma participação muito forte da comunidade legislativa, e hoje somos referência nacional. Graças ao sistema, ganhamos um prêmio nacional e começou o interesse de outras assembleias para compartilhar conosco. Implantamos na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, e outras têm demonstrado interesse, como é o caso de Mato Grosso. Não tem custo nenhum para implantar esse novo sistema. Hoje fizemos uma demonstração para os técnicos e deputados por setores da Casa”, disse Gurgel.

O secretário de Tecnologia de Informação (TI) da Assembleia de Mato Grosso, André Luís de Moraes Souza, falou sobre os benefícios e as vantagens que o novo sistema poderá proporcionar ao Parlamento mato-grossense.

“A ideia é que, como eles estão bem avançados tecnologicamente no Rio Grande do Norte, a gente possa implantar o novo sistema para que consigamos aplicar essas técnicas no nosso trabalho de tramitação de matérias no dia a dia. Eles estão há dois anos desenvolvendo o sistema, que é consolidado e premiado. A Assembleia só tem a ganhar com esse processo”, afirmou Souza.

“O novo sistema vai propiciar uma série de relatórios, por exemplo, quantas indicações, moções e requerimentos foram apresentados, entre outras formas de controle. Os deputados terão mais facilidade de prestar contas do trabalho parlamentar”, destacou o consultor da Secretaria de Serviços Legislativos da ALMT, Gabriel Lucas de Barros.

“Essa iniciativa surgiu durante um seminário da União Nacional dos Legisladores e Legislativos (Unale), em outubro de 2023, quando tivemos a oportunidade de acompanhar o trabalho na ALRN com visitas técnicas. Uma Assembleia transparente é um norte que a Mesa Diretora dá para todas as secretarias e unidades da Casa, é algo que todos nós perseguimos, ou seja, sempre com melhoras e acessível”, lembrou ele.

Nesta primeira reunião, participaram servidores dos núcleos Social, Ambiental e Econômico, da Presidência, de gabinetes, da Secretaria de Serviços Legislativos, da Secretaria Parlamentar da Mesa Diretora, da Câmara Setorial Temática e da Comissão de Constituição Justiça e Redação. O segundo encontro será nesta quarta-feira (28), na sala de videoconferência, para outros setores da Casa.


Secretaria de Comunicação Social

Telefone: (65) 3313-6283

E-mail: imprensa1al@gmail.com